Dezenas de feridos após falso alarme de tiroteio em Cannes

Alguém terá gritado que havia tiros e a multidão entrou em pânico na zona da Croisette, na cidade da Riviera francesa. Houve 44 feridos ligeiros.

Dezenas de pessoas tiveram de receber tratamento hospitalar a ferimentos ligeiros após um rumor sobre um tiroteio ter provocado cenas de pânico na orla de La Croisette, na cidade francesa de Cannes.

Os serviços de emergência registaram 44 feridos, alguns transportados até ao hospital por ambulâncias e outros que chegaram por meios próprios.

"Observámos apenas ferimentos ligeiros: traumatismos em membros inferiores, arranhões, nada grave", disse uma fonte do corpo de bombeiros.

Quase cem bombeiros seguiram durante a noite para a La Croisette, onde se propagou o boato sobre um tiroteio que provocou o pânico generalizado na cidade turística do sul da França, mais conhecida por receber o Festival de Cinema de Cannes.

Vídeos amadores colocados online mostram pessoas a esconderem-se sob as mesas de jantar e a correr em todas as direções na zona à beira-mar, repleta de lojas de luxo.

"Não aconteceu nenhum tiroteio em Cannes", escreveu no Twitter o autarca David Lisnard, que citou uma reação de "pânico depois de um indivíduo gritar 'tiro'".

A reação de pânico "diz muito sobre o nível de tensão na nossa sociedade", completou.

A França foi cenário de vários ataques terroristas desde 2015, incluindo um com um camião numa avenida de Nice no feriado nacional de 14 de julho de 2016, um atentado que causou 86 mortos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG