Antes e depois do covid-19. O mundo "parado" visto do espaço

O impacto da pandemia covid-19 na economia mundial já se faz sentir e prevê-se tempos (ainda mais) difíceis. Depois do surto do novo coronavírus, o FMI estima uma recessão mundial pior do que a de 2008. Veja como é o mundo "fechado em casa" a partir de imagens de satélite.

Empresas e escolas fechadas, viagens suspensas, cidades desertas. Os efeitos da pandemia covid-19 são bem visíveis em todo o mundo, e a economia já se está a ressentir. Aliás, o Fundo Monetário Internacional (FMI) estima mesmo que a recessão mundial que vamos enfrentar poderá ser pior do que a de 2008 devido à adoção de medidas restritivas e drásticas que tentam travar a propagação do novo coronavírus. A interrupção de vários setores da economia, bem como a atividade humana desceu abruptamente e é possível ver o mundo "parado" através de imagens de satélite, da empresa Planet Labs, como mostram alguns exemplos publicados no site Bloomberg.

Wuhan, onde foi detetado o novo coronavírus, oficialmente em dezembro do ano passado, foi uma das cidades chinesas sujeita a quarentena. A primeira imagem registada por satélite é de 12 de janeiro, um dia depois da primeira morte anunciada pelas autoridades chinesas. A segunda foto diz respeito a uma cidade já fechada ao mundo, a 20 de janeiro, altura em que já tinham sido registadas 17 vítimas mortais na China, enquanto países asiáticos e os EUA anunciavam os primeiros casos.

O impacto da pandemia também teve impacto na Grande Mesquita de Meca, na Arábia Saudita, o maior centro de peregrinação muçulmana no mundo, que recebe milhões todos os anos. A 27 de fevereiro, a Arábia Saudita fechou fronteiras e proibiu a entrada de peregrino internacionais. Medidas mais restritas foram adotadas quando foram suspensas todas as entradas e orações no local.

A região norte de Itália, na qual se inclui Veneza, esteve isolada devido ao elevado número de casos de covid-19, mas devido à evolução da propagação do novo vírus, o governo italiano decretou, no início de março, que todo o país entrava em quarentena, que ainda hoje se mantém. Mais de 6800 italianos morreram devido à pandemia.

Epcot Center é um dos principais parques temáticos do Walt Disney World em Bay Lake, Orlando, na Flórida, que fechou temporariamente as portas. Local de concentração de milhares de pessoas é agora um parque vazio.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG