Acordo no Brexit? PM irlandês fala em encontro "promissor" com Boris Johnson

O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, indicou que foram feitos avanços esta quinta-feira durante um encontro "promissor" com o homólogo britânico, Boris Johnson, para chegar a um acordo sobre o Brexit em Bruxelas.

"Espero que o que aconteceu hoje seja suficiente para permitir a retoma das negociações em Bruxelas", disse, em declarações aos jornalistas no aeroporto de Liverpool.

Os dois chefes de governo estiveram reunidos durante cerca de três horas e emitiram um comunicado em que dizem ver "um caminho para um possível acordo".

Sem entrar em pormenores sobre o conteúdo das discussões, Varadkar adiantou que foi uma "reunião muito boa", que também qualificou de "positiva e muito promissora".

"Agora estou absolutamente convencido de que tanto a Irlanda quanto o Reino Unido querem que haja um acordo que seja do interesse da Irlanda ou do Reino Unido e da União Europeia como um todo. E vejo um caminho para um acordo nas próximas semanas", disse.

Por resolver, vincou, há questões relacionadas com o consentimento das instituições políticas da Irlanda do Norte para a solução que terá de ser encontrada aquela província britânica e também com os controlos aduaneiros na região, que as partes querem evitar para facilitar a circulação de bens em toda a ilha.

Os próximos passos são os contactos com a equipa de negociação da UE, chefiada por Michel Barnier, e o encontro deste na sexta-feira em Bruxelas com o ministro para o Brexit, Stephen Barclay.

"Penso que é possível chegarmos a um entendimento para conseguirmos um acordo que permita ao Reino Unido sair da UE de maneira ordenada, e de poder fazê-lo até ao final de outubro, mas muito ainda pode acontecer e muitas coisas não estão sob o meu controlo", concluiu.

Exclusivos