Zelensky avisa que Ucrânia atacará militares russos que usem central nuclear de Zaporíjia

Nos últimos dias, Kiev e Moscovo acusaram-se mutuamente de realizar bombardeamentos no complexo da central nuclear, a maior da Europa.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse que as forças ucranianas vão atacar todos os soldados russos que ataquem a partir da central nuclear de Zaporíjia ou a utilizem como base.

"Todos os militares russos que disparem contra a central ou a utilizem como cobertura, precisam de compreender que se tornam um alvo especial para os nossos agentes, para o nosso exército", disse Volodymyr Zelensky num vídeo no sábado à noite.

O presidente ucraniano reiterou ainda, sem dar detalhes, que a Rússia está a usar a central como chantagem nuclear.

Nos últimos dias, Kiev e Moscovo acusaram-se mutuamente de realizar bombardeamentos no complexo da central nuclear, a maior da Europa.

A central nuclear de Zaporíjia foi conquistada pelos russos no início da guerra mas ainda é controlada por técnicos ucranianos.

António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, pediu que seja criada uma zona desmilitarizada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG