Premium Coletes amarelos: quem são, o que querem e que ameaça representam para Macron?

Manifestantes vão ser recebidos hoje pelo primeiro-ministro e amanhã vão voltar às ruas, contando com o apoio de 84% dos franceses.

O movimento dos coletes amarelos, que começou no início do mês como protesto contra o aumento constante dos preços dos combustíveis, tornou-se um símbolo do crescente descontentamento com o presidente Emmanuel Macron - visto como alguém da elite, afastado da realidade do dia-a-dia dos franceses.

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, vai receber nesta sexta-feira uma delegação de coletes amarelos, um dia antes do "terceiro ato" dos protestos que começaram há duas semanas e, no último sábado, causaram o caos em Paris. Um movimento que promete não desistir das suas reivindicações.

Ler mais

Exclusivos