29 OUT 2018
29 outubro 2018 às 06h22

"As minhas primeiras BD eram adaptações de Júlio Verne que fazia fechado no sótão"

Na edição passada Francisco Sousa Lobo venceu o Prémio Melhor Álbum Português no Amadora BD com Deserto/Nuvem, sobre a vida dos monges da Cartuxa de Évora. Neste ano é o autor em destaque, com uma exposição retrospetiva.

/img/placeholders/redacao-dn.png
Mariana Pereira
/img/placeholders/redacao-dn.png
Mariana Pereira