Premium Estamos a ficar afogados em tecnologia?

Excesso de tecnologia. Nunca como hoje o ser humano foi tão dependente das inovações técnicas e científicas. Mas se elas têm permitido conquistar a fome e a doença, trazem também consigo novos (ou velhos com roupagens novas) problemas graves, da saúde à vida familiar.

Numa casa com quatro "colunas inteligentes" ligadas à Alexa, a famosa assistente digital da Amazon, apenas uma começou a parar de tocar fosse o que fosse - música, som ambiente, podcast... - ao fim de uma hora de reprodução contínua. Todas as outras continuaram a funcionar normalmente. A resolução do problema demorou dois dias, com troca de e-mails para duas empresas nos Estados Unidos. A solução surgiu depois do segundo reset do aparelho (porque por qualquer razão o primeiro realizado na véspera não teve qualquer efeito). A origem do problema? Simplesmente ninguém sabe.

O caso, real e ocorrido na semana passada, é de pouca importância, mas bem representativo do que é viver atualmente com a tecnologia digital. Quantas vezes o computador não "congela" ou o smartphone não deixa de responder sem motivo aparente? Em programas mais complicados ocorrem até situações de rotinas que funcionam impecavelmente várias vezes por dia, mas há um momento em que se recusam a funcionar sem que nem os seus programadores consigam saber exatamente porquê. E quanto maior for a complexidade da aplicação (app), maior a probabilidade de algo deste género acontecer.

Ler mais

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG