Premium Andreia Salvador estuda conchas marinhas, mas anda nas nuvens

Andreia Salvador cuida de quatro milhões de conchas no Museu de História Natural, em Londres, onde, há 15 anos, bateu à porta para trabalhar. Acaba de ser promovida a curadora sénior. É a primeira portuguesa.

Em janeiro celebra-se uma data redonda na vida profissional de Andreia Salvador. Faz 15 anos que bateu à porta do Museu de História Natural, em Londres, dizendo que era ali que queria trabalhar. Ofereceu-se como voluntária, cinco dias por semana, Um ano depois tornava-se curadora júnior. E, desde quarta-feira, é curadora sénior - senior curator, em inglês -, a primeira portuguesa desde que a memória alcança nesta função.

Depois de uma passagem pelos mamíferos, chegou ao departamento que realmente queria - o dos invertebrados. E, dentro destes, os moluscos.

Ler mais

Exclusivos