Premium Os ingleses do Algarve querem que os da ilha se decidam

Há 50 mil britânicos em Portugal, 30 mil dos quais no Algarve. Sentem a vida em suspenso até que o Brexit esteja resolvido.

A semana foi de ansiedade para os britânicos em Portugal. De longe, viram o seu Parlamento rejeitar o plano de Theresa May para o Brexit, mas reconfirmá-la no cargo no dia seguinte. Ao mesmo tempo, receberam a garantia do governo português de que, aconteça o que acontecer, continuarão a ser bem -vindos em Portugal. Esta é a história de cinco ingleses no Algarve, onde vivem 60% dos 50 mil residentes do Reino Unido. Representam tudo aquilo por que a sua comunidade está a passar, do desgosto por deixarem a União Europeia às novas oportunidades de negócio que o Brexit lhes pode abrir.

Ler mais

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.