Premium Dez mil alunos só têm acesso a 'vouchers' para manuais com aulas a decorrer

Na base do problema que afeta os colégios com contratos de associação estarão erros no envio de dados para o Instituto de Gestão Financeira da Educação, que neste ano passou a centralizar o processo.

Cerca de dez mil alunos dos colégios com contratos de associação só agora estão a ter acesso aos vouchers para levantar manuais gratuitos, dois meses depois do arranque do prazo nas escolas públicas e numa altura em que o ano letivo já começou. Na base do problema estarão erros no envio de dados para o Instituto de Gestão Financeira da Educação, que neste ano passou a centralizar o processo.

A Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP) confirma o atraso, que, nas palavras do seu diretor executivo, se ficou a dever "a uma falha de comunicação". Neste ano, os colégios tinham de carregar a informação sobre os alunos para o Instituto de Gestão Financeira da Educação, que passou a centralizar o processo de faturação dos manuais, mas o DN sabe que quando o IGeFE foi processar a informação relativa aos 30 colégios com contratos de associação se deparou com vários erros na informação enviada. Os colégios voltaram a carregar os dados sobre os alunos desde o final da semana passada e ao final da tarde desta quarta-feira faltavam apenas os vouchers de três dos 30 colégios com contratos de associação.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Betinho

"NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus há seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.