Premium De Agnès Varda à produção soviética. Grandes clássicos reaparecem em DVD

Oferta do mercado em DVD está em destaque neste verão cinematográfico.

Se o leitor é um espectador descrente nas ofertas do verão cinematográfico, o DVD continua a ser uma alternativa a ter em conta. Seriamente em conta, vale a pena dizer. Isto porque, se é verdade que há vozes pessimistas, considerando que as plataformas de streaming estão a tornar o DVD obsoleto (?), não é menos verdade que a oferta do mercado está longe de ser banal.

Neste verão cinematográfico, o panorama dos clássicos é mesmo fascinante. E tanto mais quanto nos pode ajudar a contrariar a visão mais pueril, segundo a qual o domínio dos clássicos se esgota nas comédias mais ou menos aceleradas dos tempos do mudo... Vale a pena, para já, revisitar algumas memórias em tom francês e soviético.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Foi Centeno quem fez descer os juros?

Há dias a agência de notação Standard & Poor's (S&P) subiu o rating de Portugal, levando os juros sobre a dívida pública para os níveis mais baixos de sempre. No mesmo dia, o ministro das Finanças realçava o impacto que as melhorias do rating da República têm vindo a ter nas contas públicas nacionais. A reacção rápida de Centeno teve o propósito óbvio de associar a subida do rating e a descida dos juros às opções de finanças públicas do seu governo. Será justo fazê-lo?