5 dicas para reduzir os consumos em sua casa em tempos de pandemia

A pandemia atirou milhões de pessoas para casa, onde se trabalha, ensina, diverte e socializa. Os consumos de electricidade têm tendência em disparar.

Convém lembrar: Portugal, segundo dados dos Eurostat, foi em 2019 o 8º país com o preço de eletricidade mais caro (e o 5º com o gás mais elevado) .

O site de poupança Doutor Finanças reuniu algumas dicas para reduzir a fatura da eletricidade:

1 - Verifique a sua tarifa e tente reduzir os consumos durante certas horas;

Caso tenha uma tarifa bi-horária ou tri-horária deve ajustar uma boa parte do seu consumo às horas em que este é mais barato.

2 - Adapte os aparelhos ligados para um consumo mais económico;

A maioria dos aparelhos e eletrodomésticos atuais tem modos que permitem obter um desempenho mais económico, faço uso disso. E claro, desligue aparelhos que não está a utilizar ou que não são essenciais naquela altura e evite usar aparelhos de consumo elevado ao mesmo tempo.

3 - Não deixe aparelhos em standby;

Os monitores ou outro tipo de aparelhos que estão em suspensão ou standby não estão mesmo desligados e continuam a consumir alguma eletricidade. Desligue-os mesmo.

4 - Envolva os seus filhos nas atividades de redução de consumos para terem noção dos gastos em casa;

Estamos a trabalhar, ensinar e distrair as crianças, tomar todas as refeições e ver todos os filmes, tudo no conforto de casa. Incentive os seus filhos a fazer parte da poupança, para darem valor não só ao valor do dinheiro mas também há redução dos consumos em casa.

5 - Identifique onde pode vir a reduzir os consumos em sua casa a curto, médio e longo prazo;

Para reduzir o valor da fatura analise aparelhos que tenham má eficiência energética e defina estratégias como eventualmente diminuir a potência contratada da eletricidade ou adquirir lâmpadas económicas ou eletrodomésticos mais eficientes.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG