Usain Bolt testa positivo para a covid-19

O jamaicano Usain Bolt, melhor velocista da história do atletismo, foi diagnosticado com covid-19 após celebrar o 34.º aniversário numa festa que está a ser alvo de investigação.

Usain Bolt foi diagnosticado com covid-19, após celebrar o 34.º aniversário numa grande festa realizada na semana passada. O jamaicano, melhor velocista na história do atletismo, estava em quarentena na segunda-feira, à espera do resultado do teste de despiste à covid-19. Embora não tenha confirmado o resultado, pediu a todos que tenham estado em contacto com ele que ficassem em quarentena.

"Fiz um teste no sábado para sair [da Jamaica] porque tenho trabalho", disse Bolt num vídeo partilhado no Twitter. "Estou a tentar ser responsável e vou ficar em casa", afirmou. "Além disso, não estou a ter sintomas, vou ficar em quarentena e aguardar a confirmação para ver qual é o protocolo do Ministério da Saúde", informou ainda.

De acordo com o Jamaica Observer, o ministro da Saúde e Bem-estar, Christopher Tufton, confirmou na noite de segunda-feira que o oito vezes campeão olímpico teve um teste positivo para a covid-19.

Polícia investiga circunstâncias da festa de aniversário de Bolt

O primeiro-ministro da Jamaica, Andrew Holness, também disse que a polícia está a investigar as circunstâncias da festa de aniversário de Bolt.

"Há relatos de uma atividade relacionada a Usain Bolt ", disse Holness durante uma conferência de imprensa. "Essas questões estão todas a ser investigadas exaustivamente", afirmou, ao mesmo tempo que garantiu que em breve a polícia fará um relatório sobre o que terá acontecido.

Bolt competiu pela última vez internacionalmente no Mundial de 2017, em Londres.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG