Tottenham despede Pochettino e Mourinho é forte hipótese

Anúncio foi feito esta terça-feira pelo clube inglês e justificado pelos maus resultados. José Mourinho é forte hipótese para substituir o argentino no clube londrino.

Mauricio Pochettino, 47 anos, já não é treinador do Tottenham. O anúncio foi feito esta terça-feira pelo clube londrino através do site oficial do clube. "Foi uma decisão extremamente difícil de tomar. Não partimos para esta solução de ânimo leve. Mas infelizmente o resultados a nível interno no final da época passada e no início desta temporada foram extremamente desanimadores", explicou Daniel Levy, presidente do clube. Mourinho deve ser o senhor que se segue.

Pochettino estava no Tottenham desde 2014, tendo na época passada atingido a final da Liga dos Campeões, onde foi derrotado pelo Liverpool. Na presente época foi eliminado da Taça e ocupa atualmente o 14.º lugar na Premier League. A saída de Pochettino era dada como certa há algum tempo, com a imprensa inglesa a avançar, entre os nomes possíveis para a sucessão, o de José Mourinho, atualmente sem clube desde que em dezembro de 2018 deixou o Manchester United. E o DN sabe que há uma forte hipótese de o Special One ser o eleito para o cargo. As partes já estão a falar e nesta quarta-feira a contratação deve mesmo ser oficializada.

Caso esta possibilidade avance, como tudo indica, o Tottenham será o terceiro clube da Premier League treinado pelo técnico português, que orientou o Chelsea (em duas ocasiões) e o Manchester United. Os spurs, recorde-se, já foram treinados por André Villas-Boas.

No Chelsea, entre 2004 e 2007 e depois de 2013 a 2015, Mourinho ganhou três campeonatos ingleses, três Taças da Liga, uma Taça de Inglaterra e uma Supertaça. Pelo Manchester United, entre 2016 e final de 2018, conquistou uma Liga Europa, uma Taça da Liga e uma Supertaça.

Além de Mourinho, outro nome que está a ser apontado pela imprensa inglesa é o do alemão Julian Nagelsmann, embora neste caso o jovem técnico esteja contratualmente ligado ao RB Leipzig, o que torna a contratação complicada. Neste momento, o cenário mais provável é mesmo que Mourinho seja o eleito. Está quarta-feira deve mesmo acontecer a oficialização do acordo.

José Mourinho, recorde-se, tem residência em Londres, cidade onde vive desde os tempos em que treinou o Chelsea. Mesmo quando se transferiu para o Manchester United, o técnico português manteve a família na capital inglesa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG