Futebol. Tossir para cima de adversário punido com cartão vermelho

Decisão do organismo que rege a implementação das nova regras no futebol já está a ser seguida pela federação inglesa.

A pandemia está a mudar hábitos e o futebol não é exceção. Os jogadores que tossirem deliberadamente para cima de colegas, adversários, treinadores ou árbitros podem ser punidos com cartão vermelho. A recomendação é do International Football Association Board, justificando que tal ofensa se enquadra na lei que refere o "uso de linguagem e / ou gestos ofensivos, ofensivos ou abusivos".

"Como em todas as ofensas, o árbitro deve fazer um julgamento sobre a verdadeira natureza da ofensa. Se for claramente acidental, o árbitro não agirá, mas se acontecer quando o jogador estiver perto o suficiente para ser claramente ofensivo, o árbitro poderá agir", argumenta o organismo que rege a implementação das nova regras no futebol.

Algumas federações, como a inglesa, já emitiram orientações nesse sentido. Para já, em Inglaterra, a regra está apenas prevista para o futebol de formação. "Se o incidente não for grave o suficiente para merecer uma expulsão, pode merecer punição por comportamento antidesportivo", informou o organismo britânico, lembrando que os os árbitros não devem procurar punir a tosse "rotineira" e "a ação só pode ser punida quando for evidente que foi um ato claro contra outra pessoa".

Para o futebol profissional e para Premier League isso fica ao critério do árbitro, segundo a BBC

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG