Sérgio Conceição: "Agora é a p*** da Taça de Portugal"

Treinador do FC Porto abordou triunfo sobre o Sporting, no clássico que deu o título aos dragões e faalou no embate com o Benfica. Pinto da Costa manda recados ao Governo pela falta de público nas bancadas.

Sérgio Conceição quer festejar a conquista do campeonato, mas olhando já para a final da Taça de Portugal, frente ao Benfica, no dia 1 de agosto. "Agora é a p*** da Taça de Portugal. Vamos buscá-la, é este ano! Vamos começar a prepará-la, não hoje, mas vamos", disse o treinador em alguns diretos dos jogadores nas redes sociais.

Campeão pela segunda vez em três anos, o treinador do FC Porto já perdeu duas finais no Jamor e reforçou a ideia de vencer desta vez, durante a flah interview da Sport TV: "Pensamos agora em desfrutar do momento e preparar bem os jogos que vêm aí. Disse na antevisão que próximos jogos são jogos em que temos de ser sérios, ambiciosos independentemente do que acontecesse, equipas estão a lutar por outros objetivos. Depois o jogo mais importante a partir de agora é o jogo da final da Taça de Portugal."

Desafiado a resumir o título numa palavra e a revelar qual o segredo da conquista, que permitiu recuperar de uma desvantagem de sete pontos para o Benfica, Sérgio Conceição respondeu que foi não parar no confinamento. "Eu refiro os jogadores, porque fizeram um trabalho que é invisível às pessoas, não houve nenhuma paragem, como se estivéssemos sempre juntos a trabalhar. Essa dedicação e esse esforço para se manterem sempre bem vivos no objetivo foi fundamental, grandes obreiros são os jogadores", elogiou o técnico, que é um dos três na história do clube a conquistar dois títulos como treinador e jogador, tal como António Oliveira e Pedroto.

Sérgio Conceição levou um banho de água e cerveja na sala de Imprensa, invadida pelo novos campeões nacionais.

Pinto da Costa: Só o FC Porto é que conseguia ser campeão depois de lhe fazerem o funberal

Pinto da Costa já conquistou 22 título (dos 29 da história do clube) desde que foi eleito pela primeira vez em 1982 e usou da habitual ironia para abordar a falta de público nas bancadas do Dragão. "Os adeptos, mesmo não estando aqui, foram importantes. Tudo o que se passou nestes dias, com o acompanhamentos dos Super Dragões desde o hotel, foi tudo um estímulo fantástico. Espero que no próximo jogo aqui com o Moreirense já possamos ter gente. Vamos fazer uma petição à Liga e ao Governo para apresentar, antes de começar o jogo, um espetáculo com o Bruno Nogueira. Vamos convidar o Presidente da República para estar presentes. Assim, como vão estar a assistir ao Bruno Nogueira, como já estão cá dentro podem ver o jogo. Se o Bruno Nogueira não puder, mandámos vir os touros lá de baixo e fazemos uma tourada. Depois, com eles cá dentro, já podemos avançar para o futebol", disse o presidente portista ao Porto Canal.

Para o dirigente portista, "ninguém pode pôr em casa a justiça deste título". E "só uma equipa e um clube como o FC Porto é que conseguia, depois da situação em que estava em janeiro, no final da primeira volta, onde alguns fizeram funeral, virar uma desvantagem de 7 pontos, que alguns diziam que era de 10, para acabar com 8 de avanço. Foi uma prova do que é o FC Porto".

"Tinha fé enorme que o campeonato ficava resolvido hoje. Antes de vir para aqui estive no meu gabinete, fui a um sítio que não interessa e quando regressei fui escrever a minha página, a página do presidente. A página começa assim: "Eu, presidente do FC Porto, acreditei. Tu, dragão do coração, acreditaste. Ele, Sérgio Conceição, acreditou. Nós, grupo de trabalho, acreditámos. Vós, adeptos e simpatizantes, acreditasteis. Eles, cartilheiros e palradores, nem querem acreditar". Isso é o início do meu artigo. E de facto eles nem querem acreditar. Eu gostava de ver a cara de quem publicamente anunciou que o Benfica viria aqui ao Dragão dar o xeque mate, quem afirmou que o Benfica era demasiado grande para o futebol português, gostava de saber com que cara esse senhor virá justificar a derrota do seu Benfica", revelou Pinto da Costa.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG