Selfies com Cristiano Ronaldo podem valer castigo à federação

UEFA abriu um processo à Federação Portuguesa de Futebol por invasão de adeptos no Portugal-Lituânia, de apuramento para o Euro2020.

As invasões de campo por causa de Cristiano Ronaldo no Portugal-Lituânia, jogado na passada quinta-feira, 14 de novembro, no Estádio do Algarve, podem custar caro à Federação Portuguesa de Futebol (FPF). A UEFA abriu um processo disciplinar à federação por invasão de campo por parte de adeptos no jogo entre Portugal e Lituânia, de qualificação para o Euro2020.

O Comité de Controlo, Ética e Disciplina vai tratar do caso na próxima reunião, agendada para 12 de dezembro.

O jogo de apuramento para o Euro2020 terminou com um triunfo da seleção nacional, por 6-0. Cristiano Ronaldo fez um hat-trick, enquanto Pizzi, Gonçalo Paciência e Bernardo Silva marcaram um golo cada.

A partida esteve alguns minutos interrompida devido a duas invasões de campo. Primeiro, por causa de um adepto equipado com a camisola da Juventus que se aproximou de Ronaldo para tirar uma selfie. No vídeo, partilhado no Youtube, é possível ver o árbitro e até um segurança a aguardarem que o adeptos tirasse a fotografia com o capitão português para retomar o jogo. Depois foi a vez de uma criança entrar em campo e dar um abraço a CR7.

.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG