Seleção feminina de sub-17 apura-se para o Europeu

Portugal bateu a França, por 1-0, com um golo de Lara Pintassilgo, e assegurou presença no Europeu que se realiza na Bulgária.

A seleção nacional sub-17 feminina apurou-se esta sexta-feira para o Europeu da categoria que se vai realizar na Bulgária, entre 5 e 17 de maio, depois de vencer a França por 1-0 - é a segunda vez na história, depois da última presença em 2013.

A equipa das quinas venceu a congénere gaulesa por 1-0, com o golo a ser apontado ainda nos minutos iniciais da partida por Lara Pintassilgo.

Portugal, para além da França, venceu a República Checa (1-0) e Irlanda do Norte (6-0), conquistando, assim, a Ronda de Elite que se jogou no Luso.

Esta semana tem sido particularmente feliz para o futebol nacional, que viu no espaço de poucos dias três seleções apuradas para disputar Campeonatos da Europa. Além da seleção feminina de sub-17, também a masculina do mesmo escalão garantiu terça-feira um lugar na fase final do Europeu, ao vencer a Rússia por 2-1 e ao beneficiar do triunfo da Itália sobre a Áustria por 4-1. Também no mesmo dia, a seleção de sub-19 qualificou-se para o Europeu que se vai disputar na Arménia, em maio, ao bater a Escócia por 4-0.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.