Perguntas sobre Ronaldo irritam Santos. "Ruído de Itália não chega aqui"

Selecionador mostrou-se incomodado com as perguntas sobre o caso protagonizado por CR7 na Juventus. E na conferência chegou mesmo a dizer que não falava mais de Ronaldo.

Era um dos temas mais aguardados da conferência de imprensa de Fernando Santos. Entender a posição do selecionador nacional sobre o caso protagonizado por Cristiano Ronaldo na Juventus - foi substituído no último jogo aos 55 minutos, saiu chateado, foi diretamente para o balneário e deixou o estádio antes de a partida acabar.

O selecionador, antes de falar em conferência de imprensa, falou em exclusivo para a SportTV. E respondeu à pergunta sobre a situação de Ronaldo. "O que vem de Itália não sei, esse ruído que vem de Itália não chega aqui, nem a mim nem à equipa nem ao Ronaldo. Não chega nada. Ele está motivadíssimo para jogar como sempre esteve. É um fantástico profissional. Toda a gente o conhece, não sei como é que ainda se consegue pôr em causa Cristiano Ronaldo. Sinceramente não entendo", afirmou à SportTV.

Minutos depois, na conferência de imprensa, o selecionador irritou-se com as perguntas. "Tudo o que é Ronaldo, toda a gente gosta de dar palpites. Se fosse com outro jogador não se falava. Há milhões de jogadores, só acontece com um ou dois. Está aqui, está convocado e vai jogar", respondeu visivelmente chateado.

De seguida foi questionado por um jornalista espanhol sobre a situação. E aí irritou-se e disse mesmo que não voltava a falar do tema. "Outra vez o Ronaldo? Não falo mais. Termina aqui o tema Cristiano. Não volto a falar sobre Ronaldo. Esta conferência é sobre o Portugal-Lituânia, não é para falar do Cristiano Ronaldo."

Também presente na conferência de imprensa esteve o médio Rúben Neves. Que disse desconhecer qualquer problema relacionado com uma lesão de Ronaldo, como o treinador da Juventus deu a entender para justificar a substituição de CR7 no jogo diante do Milan.

"O Ronaldo treinou bem como sempre e com grande motivação para o jogo de amanhã. Está completamente preparado para o jogo. Lesão num joelho? Não faço ideia do que estão a falar. Podemos esperar o Ronaldo de sempre", referiu.

O selecionador nacional falou depois sobre a dupla jornada decisiva para o apuramento de Portugal para o Euro 2020 - esta quinta-feira frente à Lituânia, e domingo no Luxemburgo. "No futebol já não existem jogos fáceis. Portugal é obviamente favorito mais tem de o mostrar dentro do campo. Acredito que vamos vencer os dois jogos. A Lituânia terá uma motivação extra, jogam com o campeão da Europa. É uma equipa que vai defender bem e tentar surpreender. Mas se estivermos ao nível do jogo de lá, os golos vão aparecer. Vamos estar no Euro 2020 e por isso temos de ganhar estes dois jogos."

Fernando Santos falou ainda do facto de ter convocado várias avançados para esta dupla jornada de apuramento. "Portugal tem sempre procurado o golo. O André Silva esteve connosco, o Éder esteve connosco, só o Gonçalo Paciência é que não esteve aqui. Não há nenhuma alteração ao que tem sido normal. Portugal ganhou o Campeonato da Europa com dois avançados", lembrou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG