Jogou com Ronaldo no Inter, delapidou toda a fortuna e agora é lenhador e padeiro

Fabio Macellari contou a sua história a uma televisão italiana. Como passou de jogador do Inter a consumidor de drogas e como saiu do vício com a ajuda da família.

O futebol está cheio de histórias em que o sonho vira pesadelo. Esta semana a imprensa italiana deu destaque ao caso de Fabio Macellari, antigo defesa que jogou no Inter na altura de Ronaldo (o fenómeno) e Luís Figo e que agora é padeiro e lenhador. E gostava de um dia voltar ao mundo do futebol: "Espero que alguém confie em mim."

"Eu diverti-me tanto que uma pessoa normal precisaria de quatro vidas para se divertir tanto como eu naquele tempo", afirmou Maceralli, antes de confessar como caiu no mundo das drogas: "Saí com meus amigos, passei a noite fora, voltei de manhã, cheguei atrasado para o treino... passar ao uso das drogas foi de um momento para o outro... "

"Usei drogas e as drogas levaram a isto. Infelizmente bati com a cabeça, mas tive o apoio da minha família e comecei a trabalhar novamente. Ou reages ou morres", disse Macellari, que atualmente é divorciado, tem um filho e vive perto de Piacenza.

Chegou uma altura em que só queria festas e saídas à noite. "Houve um momento em que joguei tudo no lixo. O meu dinheiro e a minha carreira com certas atitudes. Se eu pudesse voltar, mudaria as coisas". Ainda demorou até sair desse ciclo vicioso, mas conseguiu. Com a ajuda da família, ele foi capaz de deixar o mundo das drogas: "Com o apoio de minha família, saí de lá. Agora trabalho na padaria. A padaria não é minha, eu trabalho lá quando meus amigos estão lá. Não posso ficar parado, se não estou na padaria, estou no trator nas montanhas cortando madeira."

"Quando você é jovem, não percebe a sorte que tem, porque há muita ganância. A vida que os influenciadores fazem hoje é o que eu estava fazendo. Sempre ofereci coisas aos outros, mas quando deixas de jogar, o dinheiro não o suficiente para manter esse estilo de vida ", lembrou o antigo jogador agora com 45 anos no programa Live-Non è la D'Urso.

Quando deixou os nerazzurri, passou pelo Bolonha, retornou a Cagliari e terminou a carreira numa equipa da terceira divisão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG