Jogador do Benfica detido sem carta

David Tavares foi apanhado numa operação STOP da PSP e será presente a juiz. Clube confirma e admite processo disciplinar.

O jogador do Benfica, David Tavares, foi detido no domingo, por conduzir sem carta de condução. Fonte do clube confirmou ao DN a detenção do jogador de 21 anos, explicando que se tratou de um "ocorência da vida privada do jogador", que será depois analisada internamente. Ou seja, o jogador por ser alvo de um processo disciplinar.

David Tavares circulava no Túnel do Grilo, em Lisboa, onde decorria uma operação de controlo da obrigatoriedade de recolhimento, ao abrigo do estado de emergência decretado por causa da pandemia de coronavírus, tendo sido mandado parar. Como não tinha os documentos necessários, acabou detido. O médio será agora presente a um juiz, que deverá aplicar as respetivas medidas de coação.

O jovem foi promovido ao plantel principal ainda na época passada com Rui Vitória, mas uma lesão grave na pré-época obrigou-o a ser operada e parar durante oito meses. Esta temporada voltou a ser aposta, agora de Bruno Lage. Fez dois jogos, ambos como suplente utilizado, um na Liga dos Campeões e outro na Taça da Liga.

David Tavares não é o único jogador a ser apanhado a conduzir sem carta de condução. No ano passado Jovane Cabral e Wendel do Sporting também forma detidos pelo mesmo motivo. Assim como o ex-leão Rúbem Semedo, os ex-Benfica Mantorras e Fábio Coentrão e o ex- FC Porto Kelvin.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG