Nat Young e Pauline Ado são os vencedores do QS no Caparica Surf Fest

Teresa Bonvalot foi terceira no QS feminino.

O norte americano Nat Young e a francesa Pauline Ado são os vencedores do QS (circuito de qualificação mundial) do Caparica Surf Fest powered by Oakley, evento da World Surf League (WSL) que chegou este sábado, dia 20 de abril, ao fim, em ondas boas e debaixo de muito sol, na praia do Paraíso na Costa de Caparica, em Almada.

Na final do QS 3000, Nat Young e o francês Jorgann Couzinet, travaram uma batalha de ondas excelentes, com a onda quase perfeita de 9.80 (em 10 pontos possíveis) de Young a fazer a diferença e a dar a vitória ao norte-americano.

"É isto que queremos que aconteça! Claro que não podemos ganhar sempre, mas nos últimos anos não tenho tido bons resultados, pelo que estou muito feliz por ganhar aqui. Não estou a pensar na qualificação para o circuito mundial neste momento. Estou apenas a aproveitar o facto de me ter qualificado para o dia final e depois para a final, que acabei por ganhar, depois do meu adversário ter começado melhor o heat. Sei que consigo fazer bom surf e boas pontuações. Portugal sempre foi um lugar especial para mim e sempre gostei de vir aqui!"" referiu o surfista natural de Santa Cruz na Califórnia.

As pontuações finais do heat foram de 16.13 (em 20 possíveis) para o vencedor do Caparica Surf Fest powered by Oakley e 13.33 para o finalista vencido.

A final do QS 1000 foi totalmente dominada pela francesa Pauline Ado. A ex-campeã europeia mostrou porque é considerada uma das melhores surfistas europeias ao fazer um total de 18.00 contra os 10.67 da sua adversária, Ellie Turner.

"É ótimo ter conseguido boas pontuações em boas ondas. Diverti-me muito. O meu objetivo aqui era mostrar o meu melhor surf, mais do que fazer um resultado, apesar de, claro, querer ganhar. Ganhar com pontuações como as que tive, é mesmo o melhor! Com esta vitória, ganho pontos importantes para o meu ranking no QS e recupero alguma da confiança que tinha perdido depois dos resultados que tive no início do ano. Estou super feliz" explicou a surfista francesa.

Ainda que tenha saído derrotada da final do evento, a surfista britânica alcançou neste evento o seu melhor resultado de sempre no circuito mundial de qualificação.

Nas meias-finais, Ellie Turner tinha já eliminado a portuguesa Teresa Bonvalot, surfista esta que, assim, terminou a sua prestação no Caparica Surf Fest powered by Oakley em 3º lugar.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.