É português, tem 11 anos e escreveu carta ao árbitro que o expulsou para pedir desculpa

Tiago Tavares é um jogador dos sub-11 do Samora Correia e quis emendar o erro que cometeu em campo

A carta de Tiago foi divulgada nas redes sociais pelo clube da Associação de Futebol de Santarém e o bom exemplo dado pelo jovem jogador já galgou fronteiras, ganhando destaque em sites internacionais como o do jornal espanhol AS.

Tiago Tavares foi expulso no último jogo, deixando a equipa com menos um em campo e ficando impedido de dar o contributo à equipa na partida seguinte, este sábado. O menino de 11 anos assumiu o mau comportamento em campo e, não podendo emendar as coisas, resolveu escrever uma carta ao árbitro que o expulsou, a pedir desculpas pelo erro.

"O Tiago, na semana passada, teve uma atitude menos própria para o árbitro da partida de Sub-11 da Associação de Futebol de Santarém em que participou tendo acabado expulso. O Tiago irá ver os colegas do lado de fora amanhã. Um castigo já por si grande. Mas o Tiago achou que deveria fazer mais", escreveu o clube, na sexa-feira, no Facebook, divulgando o teor da carta.

"Estimado árbitro, sou o número 64 do GDSC (Grupo Desportivo Samora Correia) e o meu nome é Tiago Tavares, da equipa de sub-11. Escrevo-lhe esta carta para pedir perdão pela minha atitude no dia 7 de abril de 2019", começa por escrever o jovem atleta, que assume a frustração por não poder ajudar os colegas no jogo deste sábado.

"Sei que lamentar-me e pedir perdão não anula a suspensão, mas é bom saber reconhecer os nossos erros. Tentei alterar as coisas que fiz mal, não consigo fazer com que a minha equipa possa contar comigo no dia 13 de abril, não consigo apagar as marcas de desilusão dos misters, dos meus colegas, dos familiares e até de si. Mas posso fazer uma coisa: pedir-lhe desculpa e mostrar que estou seriamente arrependido. O senhor estava certo e eu lamento que isto tenha acontecido", finalizou Tiago.

Ler mais

Exclusivos