"Dou as boas-vindas ao colega Cristiano Ronaldo ao grupo dos virologistas"

Jogador português da Juventus disse nesta quinta-feira, no Instagram, que os testes PCR (covid-19) são uma treta. A publicação tornou-se viral e o jogador acabou por a apagar.

Um desabafo de Ronaldo no Instagram deu origem a mais uma polémica com o jogador da Juventus em Itália. Desta vez foi o conhecido virologista italiano Roberto Burioni a usar de ironia para atacar o português, que contestou a utilidade dos testes PCR (sigla em inglês de polimerase chain reaction), usados para detetar a infeção pelo novo coronavírus.

"Dou as boas-vindas ao meu colega Cristiano Ronaldo ao grande grupo de virologistas. Ele vai ser muito útil no próximo jogo contra os oftalmologistas", escreveu Burioni.

Afastado do jogo com o Barcelona e impedido de enfrentar Messi por continuar a testar positivo para a covid-19, CR7 resolveu falar aos fãs e garantir que está bem. "[Este] PCR é uma treta. A sentir-me bem e com saúde. Força Juventus", escreveu Ronaldo, ilustrando a publicação com uma fotografia em que aparece sorridente e sentado num sofá.

A publicação acabou por ser apagado, mas a polémica estava instalada.

Ronaldo tem estado debaixo de fogo das autoridades de saúde e do Governo italiano, com Vincenzo Spadafora, ministro do Desporto, a acusar o jogador de quebrar as regras de covid-19 do país, ao ausentar-se de Itália para jogar pela seleção nacional de Portugal, quando a Juventus estava em isolamento obrigatório. O jogador negou, mas o assunto ainda não morreu.

CR7 está infetado desde o dia 12 de outubro, tendo sido dispensado da seleção nacional no dia 13 e regressado a Turim, onde tem estado em isolamento e assintomático.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG