Djokovic testou positivo para covid-19. É o quarto tenista infetado no Adria Tour

É o quarto infetado na sequência do Adria Tour. Também a mulher de Djokovic está infetada pelo novo coronavírus.

O número 1 do ténis mundial, Novak Djokovic, testou positivo para covid-19. O tenista é o quarto infetado na sequência do Adria Tour, um torneio nos Balcãs que o sérvio organizou. A notícia foi avançada pelo jornal francês "L'Équipe". A final devia ter sido realizada no domingo, mas a prova acabou por ser cancelada ao ser detetado o primeiro caso de infeção pelo novo coronavírus.

"Assim que chegámos a Belgrado, fomos fazer o teste. O meu resultado foi positivo, tal como o da Jelena [mulher de Djokovic], enquanto os dos nossos filhos foram negativos", revelou o tenista, em comunicado.

Antes de Djokovic, outros três tenistas testaram positivo para covid-19: o búlgaro Grigor Dimitrov - o primeiro caso a ser conhecido -, o croata Borna Coric e o sérvio Viktor Troicki. Todos eles participaram no Adria Tour.

Além dos tenistas, Kristijan Groh, treinador de Dimitrov, e Marko Paniki, preparador físico de Novak Djokovic, também confirmaram estar infetados pelo novo vírus.

Além de jogos de exibição, o torneio incluiu também eventos fora dos 'courts', como jogos de futebol e de basquetebol com todos os tenistas, incluindo Djokovic, e festas em discotecas.

Tenista lamenta "profundamente" casos de contágio

Nova Djokovic explica que a prova foi pensada para ajudar os jogadores da região dos Balcãs. "Tudo o que fizemos no último mês foi feito com coração puro e intenções sinceras. O nosso torneio tinha o objetivo de unir e partilhar uma mensagem de solidariedade e compaixão na região", diz o sérvio, em comunicado. .

"Organizámos o torneio numa altura em que o vírus estava enfraquecido, acreditando que havia condições para a sua realização. Infelizmente, o vírus ainda está presente e é uma realidade nova com que ainda estamos a aprender a lidar e viver", lê-se ainda no documento.

O número 2 do ténis mundial lamenta "profundamente" cada um dos novos casos de contágio devido ao Adria Tour e espera "que não comprometa a saúde de ninguém e que todos fiquem bem".

Djokovic vai ficar em isolamento durante 14 dias e será testado novamente dentro de cinco dias.

O torneio arrancou em Belgrado, capital da Sérvia, e a segunda ronda da competição foi em Zadar, na Croácia.

Uma prova que gerou polémica devido à presença de público nas bancadas e à inexistência do distanciamento social entre jogadores, staff e adeptos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG