Bruno Lage renova até 2024 e vai ganhar dois milhões por época

O treinador do Benfica vê dobrar o salário e aumentar um ano à anterior duração do vínculo. Cláusula de rescisão mantém-se nos 20 milhões de euros.

Promessa feita, promessa cumprida. Bruno Lage assinou esta quinta-feira a renovação de contrato com o Benfica, passando a ter um contrato válido por mais um ano, ou seja até junho de 2024. Esta operação contempla o aumento do salário para o dobro, o que na prática significa que o treinador de 43 anos passa a auferir dois milhões de euros, verba que irá receber com retroativos desde o início desta temporada. Além disso, mantém-se a cláusula de rescisão nos 20 milhões de euros.

O acordo entre as duas partes já tinha sido alcançado há alguns meses, conforme tinha sido admitido pelo próprio Bruno Lage numa conferência de imprensa em meados de novembro, na qual disse que não se tratar de uma prorrogação do vínculo mas apenas um aumento de de salário, algo que afinal não se confirma, pois o técnico assinou por mais uma época do que contemplava o antigo vínculo.

"Estive sempre calmo e tranquilo em relação à renovação de contrato, era uma questão de encontrar o melhor momento para formalizar. Só quis saber onde era para assinar", disse Bruno Lage em declarações à BTV, assumindo que o objetivo para os próximos quatro anos e meio são "as normais": "Vencer em todas as provas, tendo sempre por base os jogadores que temos na formação. E hoje praticamente metade do plantel foi formado em casa."

Bruno Lage cumpre no próprio dia 3 de janeiro um ano desde que foi indigitado treinador do Benfica em substituição de Rui Vitória. A estreia aconteceu três dias depois com o Rio Ave, no Estádio da Luz, uma partida em que começou a perder por 2-0, mas deu a volta para 4-2, iniciando aí uma recuperação dos sete pontos que tinha de atraso para o FC Porto, acabando por ser campeão nacional com apenas um empate concedido e 18 vitórias nas 19 jornadas em que comandou a equipa.

Além do título de campeão nacional, o técnico encarnado conquistou já esta época a Supertaça com uma goleada de 5-0 ao Sporting, no Estádio do Algarve. Neste momento, lidera a I Liga com quatro pontos de avanço em relação aos dragões, mas foi afastado da Liga dos Campeões, onde alcançou duas vitórias e um empate nas seis jornadas da fase de grupos, o que lhe valeu a passagem para a Liga Europa, onde será cabeça-de-série no sorteio da próxima segunda-feira.

Na Taça de Portugal vai enfrentar na quarta-feira o Sp. Braga, na Luz, numa partida que vale o acesso aos quartos-de-final da prova, enquanto na Taça da Liga está em risco de ser eliminado, uma vez que o Benfica não depende apenas de si próprio para chegar à final four.

Em quase um ano à frente da equipa principal do Benfica, Bruno Lage foi responsável pela aposta de vários jovens formados no Benfica Campus, nomeadamente Zlobin, Tomás Tavares, Ferro, Nuno Tavares; Florentino Luís, David Tavares e Jota. Isto além de ter dado protagonismo a João Félix assim que assumiu a equipa, o que no final da época permitiu que o Benfica transferisse o jovem avançado para o Atlético de Madrid por 126 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG