Bruno Lage chega aos 50 jogos. E pode ultrapassar Jesus e Rui Vitória

Se vencer este sábado o Marítimo, o treinador do Benfica passa a ser o treinador com melhor registo na primeira meia centena de partidas no comando da equipa. Está ainda a três golos dos 100 para o campeonato.

Bruno Lage chega este sábado aos 50 jogos oficiais como treinador principal do Benfica. O adversário é o Marítimo, na Luz, para 12.ª jornada da I Liga, e uma vitória irá torná-lo no técnico com melhor registo deste século na primeira meia centena de partidas.

Nesta altura o atual técnico encarnado soma 37 triunfos, tantos quantos os que Jorge Jesus conseguiu, embora o agora treinador do Flamengo tenha sofrido menos derrotas: seis contra oito de Lage.

O melhor registo nas primeiras 50 partidas é, no entanto, de Rui Vitória, que chegou às 38 vitórias, número que pode agora ser igualado. No entanto, se o Benfica vencer o Marítimo, Bruno Lage passará a liderar este ranking, pois Vitória averbou nove derrotas nesse período.

Bruno Lage é apenas o quinto treinador deste século a atingir a meia centena de partidas no comando do Benfica, contabilizando neste período dois títulos conquistados - a I Liga e a Supertaça -, tal como Jorge Jesus que além de ter sido campeão nacional festejou uma Taça da Liga em 2009/10. Rui Vitória e o italiano Giovanni Trapattoni também ganharam um campeonato e apenas o espanhol José Antonio Camacho não conquistou qualquer troféu neste período.

Jesualdo Ferreira, Fernando Chalana, Ronald Koeman, Fernando Santos e Quique Flores foram os outros treinadores a orientar o Benfica neste século, mas nenhum deles chegou aos 50 jogos oficiais.

Lage com recorde de golos

Bruno Lage tem desde já o melhor registo de golos marcados, tendo já chegado aos 128 remates certeiros, mais seis que Jorge Jesus e mais 16 que Rui Vitória. Jesus vai continuar, no entanto, com o menor número de derrotas, apenas seis, enquanto Trapattoni foi o que mais jogos perdeu neste período (onze).

A grande fatia dos números apresentados pelo treinador do Benfica foi alcançado na I Liga, onde em 30 jogos apenas não venceu dois: um empate com o Belenenses SAD na época passada e uma derrota com o FC Porto já esta temporada, ambos em casa. Já o calcanhar de Aquiles é a Liga dos Campeões, competição em que só venceu uma partida - em casa com o Lyon - em cinco jogos e apresenta um saldo negativo de golos 7-11. Refira-se que Bruno Lage ainda não venceu qualquer partida da Taça da Liga, somando uma derrota com o FC Porto na meia-final da época passada e um empate com o V. Guimarães já na edição deste ano.

E até o registo de golos no campeonato é impressionante, contabilizando 97, o que dá uma média de 3,2 golos por partida. Ou seja, em caso de vitória Bruno Lage poderá tornar-se o treinador com melhor registo do século no Benfica e se a equipa marcar três golos atingirá o golo 100 na I Liga desde que assumiu o comando da equipa a 6 de janeiro deste ano, num triunfo diante do Rio Ave, por 4-2, no Estádio da Luz.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG