Barcelona despede treinador e marca eleições para março

Quique Setién deixou de ser o técnico do Barça e decorrem negociações para que o seu substituto seja Ronald Koeman, atual selecionador da Holanda.

A junta diretiva do Barcelona anunciou esta segunda-feira demitir o treinador Quique Setién e avançar de imediato para a contratação do holandês Ronald Koeman, técnico que orientou o Benfica em 2005-06.

Além destas duas medidas de carácter imediato, a reunião serviu ainda para agendar as eleições para os órgãos sociais do clube para uma data que coincida com um jogo da equipa em casa, a partir do dia 15 de março de 2021. Confirma-se assim intensão de o presidente Josep Bartomeu não se demitir na sequência do fracasso desportivo desta temporada, que culminou com a goleada de 8-2 sofrida frente ao Bayern Munique, nos quartos-de-final da Liga dos Campeões.

Refira-se que, no que diz respeito a Ronald Koeman, a direção blaugrana confirma que "decorrem negociações" para a contratação do atual selecionador da Holanda, confirmando assim as notícias que o davam como o preferido para orientar a equipa na época 2020-21.

Koeman, de 57 anos, foi um jogador importante do Barcelona entre 1989 e 1995, tendo entrado na história do clube em 1992 por ter marcado o golo da vitória por 1-0 frente à Sampdoria, naquela que foi a conquista da primeira Taça dos Campeões pelos blaugrana, que eram então comandados pelo mítico Johan Cruyff.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG