Choque violento. Rui Patrício "está bem, consciente e lembra-se do que aconteceu"

Guarda-redes português foi assistido no relvado, após choque com colega de equipa, Coady. Recebeu oxigénio e saiu de maca. Nuno Espírito Santos diz que o guardião "está bem, consciente e lembra-se do que aconteceu".

Rui Patrício teve de receber assistência médica no relvado, após choque violento com Conor Coady, durante o jogo entre Wolverhampton e o Liverpool esta segunda-feira.

O jogo foi interrompido aos 86 minutos para o guarda-redes internacional português ser assistido durante quase 15 minutos. O jogador perdeu os sentidos e teve de receber oxigénio, acabando por ser retirado de maca e com um colar cervical.

O técnico dos wolves, o português Nuno Espírito Santo, já tinha esgotado as três substituições, mas, na Premier League são permitidas duas substituições adicionais em casos de concussão cerebral, por isso o suplente John Ruddy entrou aos 90'+11' para render o português.

"Acabamos de ter uma atualização, ele [Rui Patrício] está bem. Foi uma colisão de cabeça com o joelho de Coady. Já falamos. Ele está bem. Está consciente, totalmente consciente e lembra-se do que aconteceu. Ele está bem e vai recuperar", disse Nuno Espírito Santo na flash interview no final do jogo.

O técnico admitiu "preocupação com as essas situações de choque de cabeça", até porque o Wolwerhampton já teve um caso grave esta época. No final novembro, em jogo com o Arsenal, Raul Gimenez chocou com o também ex-benfiquista David Luiz com gravidade que o levou a ser hospitalizado e operado. O mexicano está fora da competição desde então.

A lesão do titular da baliza nacional acontece a menos de 24 horas do selecionador Fernando Santos fazer a convocatória para a tripla jornada de qualificação para o Mundial do Qatar em 2022.

A traição de Jota e os desejos de melhoras para Patrício: "A vida é o mais importante"

O jogo acabou com um triunfo do Liverpool (1-0), com um golo de Diogo Jota... ex-wolves. "Quero desejar as maiores felicidades ao Rui Patrício. Espero que não seja nada muito sério. A vida é o mais importante. Desejo a ele uma recuperação rápida, se for o caso", disse o português.

No reencontro com a antiga equipa, o avançado, de 24 anos, que voltou à competição no início do mês, depois de recuperado de uma lesão sofrida em dezembro último, apontou o único tento no Molineux, em tempo de compensação da primeira parte (45'+2'), assistido por Sadio Mane. Aos 68 minutos Salah viu um golo ser-lhe anulado por fora de jogo, no lance que resultou na lesão de Patrício.

Depois de dois desaires consecutivos na Premier League, o campeão inglês voltou a vencer e é, agora, sexto colocado, com 46 pontos, os mesmos do Everton, que tem menos um jogo. Já o Wolverhampton não vence há quatro jogos e segue em 13.º (35 pts).

Com mais um jogo disputado, o Manchester City lidera o campeonato com 71 pontos, contra os 57 do segundo posicionado United e 56 do Leicester, último do pódio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG