Paris Saint-Germain com prejuízos de 225 M€ na época 2020-21

O défice do PSG sofreu um aumento de 80% em relação à temporada anterior.

O Paris Saint-Germain teve um prejuízo de quase 225 milhões de euros na temporada de 2020/21, marcada pela pandemia da covid-19 e a crise dos direitos televisivos da Liga francesa de futebol, anunciou esta quinta-feira o organismo regulador.

No relatório anual da Direção Nacional do Controle de Gestão (DNCG), responsável por monitorar e supervisionar as contas dos clubes de futebol de associações profissionais em França, o défice do PSG passou para 224,28 milhões de euros, um aumento de 80% em relação à temporada anterior (124,2).

Em 2020/21, os clubes passaram a atuar à porta fechada, por causa da covid-19, e o pagamento dos direitos televisivos foi adiado, devido a problemas nas renegociações entre os responsáveis da 'Ligue 1' e as emissoras.

Numa época em grande parte disputada à porta fechada, a receita de bilheteira do PSG caiu de 38,06 milhões de euros para apenas 961 mil euros.

No total, as perdas financeiras dos clubes franceses chegaram aos 646 milhões de euros, com Lyon (107 ME), Marselha (76 ME) e Bordéus (67 ME) a serem os clubes com mais prejuízo atrás do PSG.

De acordo com a DNCG, 17 das 20 equipas do principal escalão terminaram a temporada no 'vermelho', enquanto em 2019/20 apenas 10 tiveram prejuízo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG