Ministério Público abre inquérito a agressão ao repórter da TVI

O incidente ocorreu após o Moreirense-FC Porto de segunda-feira, que terminou empatado 1-1.

O Ministério Público vai abrir um inquérito à agressão a um repórter de imagem da estação televisiva TVI, ocorrida após o Moreirense-FC Porto, da I Liga, confirmou hoje à Lusa fonte oficial da PGR.

Na segunda-feira, após o encontro da 29.ª jornada da I LIga, que terminou empatado 1-1, um jornalista foi agredido nas imediações do estádio do Moreirense, em Moreira de Cónegos, de acordo com imagens transmitidas pelo próprio canal de televisão, nas quais surge como interveniente o empresário Pedro Pinho.

No dia de hoje, além da TVI, várias entidades, como a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o Sindicato dos Jornalistas (SJ), a Associação dos Jornalistas de Desporto (CNID), a Associação Nacional de Agentes de Futebol (ANAF) e a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), juntamente com os clubes Sporting e Benfica, repudiaram a agressão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG