Ibrahimovic isolou-se numa floresta de três milhões de euros para recuperar da lesão

Jogador sueco do AC Milan recupera de lesão no joelho esquerdo. Regresso aos relvados previsto para 2023. Em 2020 o jogador comprou bosque de mil hectares, em Are, na Suécia.

Zlatan a ser Zlatan! O slogan que Zlatan Ibrahimovic criou para se definir a si próprio encaixa que nem uma luva na última excentricidade do jogador do AC Milan. O sueco de 40 anos revelou como recupera da operação ao joelho esquerdo... sozinho, a dormir numa cabana e só com um saco-cama e a cozinhar a própria comida numa fogueira, para além do exercício físico constante. Tudo isto isolado no seu bosque privado para regressar "com estrondo". Um regresso que só está previsto para o início de 2023.

Em vez de ficar a fazer tratamento em San Siro, o jogador do AC Milan aproveitou a paragem dos campeonatos para os jogos da seleção, para se isolar na sua floresta privada e assim recuperar da lesão no joelho ao ar livre. Foi Zlatan que o revelou no Instagram com uma curta mensagem: "My Way." (à minha maneira)

Pelas imagens do vídeo que o sueco publicou pode mesmo dizer-se que Zlatan entrou em modo sobrevivência, dias após dizer que pendura as chuteiras "quando aparecer um jogador melhor" do que ele. "Quando eu voltar as pessoas vão notar", prometeu o sueco numa entrevista à Gazzetta dello Sport.

Em janeiro de 2020, estava o Mundo entrar num pandemia de covid-19 da qual ainda não se libertou, quando o sueco informou mundo que tinha comprado um bosque de mil hectares, em Are, na Suécia. O luxo para poder caminhar, pescar e caçar nas montanhas da zona fronteiriça com a Noruega sem ter de levar com estranhos custou-lhe três milhões de euros - um terço do salário anual do avançado nos tempos áureos - e muitas críticas de associações ambientais e de defesa dos animais. Ibrahimovic já tinha sido alvo da fúria dos internautas em 2014 quando caçou um alce com mais de 500 Kg.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG