Eriksen já teve alta hospitalar após ser operado

Jogador de 29 anos foi operado e visitou concentração da seleção dinamarquesa antes de ir para casa

A Federação dinamarquesa anunciou esta sexta-feira que Christian Eriksen recebeu alta hospitalar após ser submetido a uma "operação bem-sucedida" para implantação de um desfibrilhador cardíaco subcutâneo

O jogador dinamarquês de 29 anos, que caiu inanimado em campo no jogo do Euro 2020 diante da Finlândia, visitou a concentração da sua seleção antes de ir para casa e deixou uma mensagem replicada pela Federação Dinamarquesa.

"Obrigado pelas inúmeras mensagens - tem sido incrível vê-las e senti-las. A operação correu bem e estou bem dentro das circunstâncias. Foi fantástico ver os rapazes outra vez depois do jogo fantástico que disputaram ontem. Escusado será dizer que vou apoiá-los na segunda-feira frente à Rússia", pode ler-se na mensagem difundida nas redes sociais.

Aos 43 minutos da estreia dinamarquesa na prova, no sábado, Eriksen tombou no relvado do Parken Stadium, com uma paragem cardíaca, obrigando à suspensão do encontro com a Finlândia, que então seguia empatado a zero.

Perto da linha lateral, no lado esquerdo do ataque dos dinamarqueses, o jogador de 29 anos colapsou, sendo de pronto assistido, primeiro pelos companheiros de equipa, nomeadamente o 'capitão' Simon Kjaer, e depois pelas equipas médicas.

A rápida assistência médica em campo permitiu, após um quarto de hora, estabilizar o jogador e, posteriormente, transferi-lo, já depois de este ter recuperado a consciência, para um hospital de Copenhaga, onde permanece internado.

A partida foi inicialmente suspensa pela UEFA, sendo reiniciada quase duas horas depois, com a Finlândia a acabar por vencer por 1-0, com um golo de Joel Pohjanpalo, aos 60 minutos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG