Defesa do troféu em modo olímpico

Teresa Bonvalot, que se apurou para Tóquio"2020, está na Liga MEO de Sintra para defender o triunfo do ano passado

A Liga MEO passa, de hoje até domingo, pela Praia Grande, em Sintra, onde se disputa a quarta etapa. Vasco Ribeiro (Estoril Praia) pode sagrar-se pentacampeão em masculinos, mas está tudo em aberto em femininos, cujo ranking é comandado por Carolina Mendes (Estoril Praia) e no qual compete Teresa Bonvalot (Sporting).

Com o foco no Mundial de qualificação (WQS) e nos Jogos Olímpicos, para os quais se apurou, a surfista de 21 anos afirma que o Nacional "serve de teste". Por estar em estágio em El Salvador, prova de acesso a Tóquio"2020, a top 5 nacional falhou a Figueira da Foz, mas já ganhou no Porto e em Sintra defenderá o triunfo da última edição. "O objetivo é a nível internacional, mas sempre que entro em competição é para trazer o troféu para casa. Deixo tudo dentro de água. Não gosto de perder nem a feijões. Vou para ganhar".

Depois de Sintra, Teresa Bobvalot tem um WQS na região galega de Pantín, com vista ao Challenger Tour e o objetivo final de entrar no World Tour, onde estão as 25 melhores do Mundo. "Tudo começou com um sonho e agora trabalho para isso. Tudo leva o seu tempo, se não for agora, será para o ano", afiançou a surfista que "sonha ser o Kelly Slater no feminino" e que, a par de Frederico Morais e Yolanda Hopkins, representará Portugal nos Jogos: "Deve ser das melhores sensações de sempre. Quando o surf se tornou olímpico meti na cabeça que queria lá estar. Agora é aproveitar momento a momento. Adoro surf, amo competir. Só vivemos isto uma vez. Vou dar o meu melhor para trazer uma medalha".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG