Vhils esculpe o rosto de Saramago junto ao mar na Lourinhã

Artista Alexandre Farto esculpiu o rosto do português que venceu o Nobel da Literatura no dia em que este comemoraria o 98.º aniversário

O rosto de José Saramago foi eternizado por Vhils junto ao mar, na Lourinhã.

O artista urbano revelou esta segunda-feira, dia em que o português que venceu o Nobel da Literatura comemoraria o 98.º aniversário, um vídeo em que aparecia a esculpir o rosto do escritor, ao mesmo tempo que as ondas banhavam a obra.

A acompanhar o vídeo nas redes sociais, Alexandre Farto publicou uma passagem do livro A Jangada de Pedra, precisamente de Saramago.

"Quantas vezes, para mudar a vida, precisamos da vida inteira, pensamos tanto, tomamos balanço e hesitamos, depois voltamos ao princípio, tornamos a pensar e a pensar, deslocamo-nos nas calhas do tempo com um movimento circular, como os espojinhos que atravessam o campo levantando poeira, folhas secas, insignificâncias, que para mais não lhes chegam as forças, bem melhor seria vivermos em terra de tufões", pode ler-se.

Nascido a 16 de novembro de 1922 em Azinhaga, no concelho da Golegã, José Saramago viria a morrer a 18 de junho de 2010 em Tías, nas ilhas Canárias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG