Sulli, cantora de K-pop, encontrada morta em casa

A cantora e atriz fez parte do grupo f(x) foi encontrada morta em casa pelo seu agente. Sulli tinha 25 anos e sofria de "depressão severa".

A estrela de K-pop Sulli foi encontrada morta na sua casa, nos arredores de Seul, na segunda-feira. Tinha 25 anos. De acordo com a polícia sul-coreana, a jovem atriz e cantora foi encontrada sem vida pelo agente.

Sulli fez parte do grupo f(x) e sofria de "depressão severa", referiu a polícia, em comunicado. As causas da morte estão a ser investigadas e o suicídio é uma hipótese que está a ser considerada. Choi Jin-ri, mais conhecida por Sulli, era, além de ser uma estrela do hip hop da Coreia do Sul (K-pop), uma voz na defesa dos direitos das mulheres.

Em 2009, integrou a banda f(x), que se tornou num dos grupos de K-pop mais famosos da Coreia do Sul, mas em 2015 decidiu começar uma carreira a solo.

Integrou o elenco do filme de super-heróis Real, em 2017, e este verão editou o seu álbum de estreia a solo, intitulado Goblin.

Com mais de cinco milhões de seguidores no Instagram, Sulli era alvo de comentários depreciativos na internet. A jovem cantora e atriz partilhava a sua opinião e estilo de vida, considerada por muitos como polémica, nas redes sociais, o que a levou a ser alvo de cyberbullying .

Recentemente, a atriz e cantora participou num programa de televisão, em que estrelas de K-pop revelavam como lidavam com os comentários depreciativos de que eram alvo online.

Sulli era uma figura controversa na indústria do entretenimento sul-coreano. Um dos casos polémicos foi quando partilhou fotos suas sem soutien, que gerou aprovação e uma chuva de críticas. "Estar ser soutien faz parte da liberdade individual de cada um", afirmou Sully no programa de televisão Night of Hate.

Nas últimas publicações que fez no Instagram, Sulli aparece a chorar e a dizer: "Não sou uma má pessoa".

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.