Exclusivo Quando Woody Allen era um crítico de cinema neurótico…

Momento marcante na filmografia de Woody Allen, O Grande Conquistador estreou-se há 50 anos. A sua evocação do clássico Casablanca refletia, afinal, um momento de muitas transformações na produção de Hollywood.

O primeiro filme de Woody Allen como realizador - O Inimigo Público (título original: Take the Money and Run), retrato de um ladrão de bancos em tom de comédia surreal - surgiu em 1969. Apesar do seu impacto crítico e comercial, outro título dirigido, não por ele, mas sim por Herbert Ross, seria tão ou mais decisivo na construção da sua persona artística e também na consolidação da sua popularidade: chama-se Play It Again, Sam e chegou às salas de cinema dos EUA há meio século, mais precisamente a 4 de maio de 1972 (a estreia portuguesa ocorreria em dezembro do mesmo ano).

Entre nós lançado como O Grande Conquistador, Play It Again, Sam tem como base a peça homónima do próprio Woody Allen, estreada na Broadway, no lendário Broadhurst Theatre, em 1969. Na sua lógica de comédia romântica, a peça coloca em cena Allan Felix, um crítico de cinema neurótico, infinitamente inseguro, assombrado pela memória de Humphrey Bogart. De tal modo assim é que as suas relações com Linda Christie vão sendo pontuadas pela "presença" do próprio Bogart, conselheiro amoroso que não passa, afinal, de um fantasma cinéfilo que com ele dialoga, mas mais ninguém vê...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG