Pintura de Fragonard esquecida durante duzentos anos vendida por 7,6 ME

A obra "Un philosophe lisant", pintada em 1768 e 1770, representa um ancião a ler.

Uma pintura criada pelo artista francês Jean-Honoré Fragonard (1732-1806), que esteve desaparecida durante duzentos anos, foi este sábado vendida, em leilão, em Paris, por 7,58 milhões de euros.

Sob o título "Un philosophe lisant", a obra ovalada, pintada em 1768 e 1770, com 45,8 por 57 centímetros, que representa um ancião a ler, partiu para leilão com uma estimativa de venda entre os 1,5 milhões de euros e os dois milhões de euros.

Acabaria por ser arrematada por 7,68 milhões de euros, anunciou a leiloeira Champagne, em Epernay, nos arredores de Paris, indicando que a tela foi adquirida por um colecionador francês.

O quadro esteve na posse, durante algum tempo, do miniaturista Pierre Adolphe Hall, amigo de Fragonard, e durante dois séculos desapareceu do conhecimento da comunidade internacional de arte antiga, até ser redescoberto recentemente no inventário de uma herança.

Depois foi autenticado pelo gabinete da especialidade de arte antiga Turquin, que o identificou como pertencente ao período do apogeu da carreira de Fragonard.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG