O futebol também vai estar no Rock in Rio Lisboa

Entre as novidades do festival, que se realiza de 20 a 28 de junho, está um espaço, onde será possível acompanhar o Europeu de Futebol. A Rock Street terá como tema a Ásia.

A próxima edição do Rock in Rio Lisboa vai acontecer nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho de 2020 mas esta terça-feira ficámos já a saber algumas novidades sobre a Cida do Rock que, mais uma vez, se irá instalar no Parque da Bela Vista.

Haverá três espaços novos: o Sports Bar (onde será possível acompanhar o jogos do Campeonato Europeu de Futebol, que se realiza de 12 de junho a 12 de julho); um Rock in Rio dentro do Rock in Rio, dedicado aos mais novos (Rock in Rio Kids); e um quarteirão inteiramente dedicado ao Gaming (Game District) onde, além da arena Worten Game Ring estará outra das principais novidades: uma montanha-russa VR (com realidade virtual).

"Desde que alterámos as datas do Rock in Rio para junho, o festival passou a realizar-se em plena época de Campeonato Europeu ou Mundial de Futebol. Vivemos um momento lindo e emocionante na última edição, quando toda a Cidade do Rock parou para assistir ao jogo da seleção. Por isso resolvemos criar um espaço onde se possa viver esta vibração ao longo de todo o evento", explica Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio. Além de transmitir os jogos, o Sports Bar terá mais animação relacionada com desporto.

A Rock Street terá, nesta nona edição do Rock in Rio Lisboa, como tema a Ásia. E até a Roda Gigante será renovada. Isto tudo a juntar aos palcos e espaços já habituais (como o Palco Mundo, o Galp Music Valley, o Super Bock Digital Stage ou a Yorn Street Dance).

Roberta Medina explicou: "Queremos celebrar a magia, o brilho nos olhos e o sorriso no rosto. É a experiência que nos faz contar histórias, partilhar momentos e guardar recordações especiais. A nova Cidade do Rock vem cheia de novas experiências, construídas a partir das áreas de interesse do público. Vai ser surpreendente!".

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras