Morreu o realizador de Notting Hill, Roger Michell. Tinha 65 anos

A notícia foi anunciada pelo seu representante, que não adiantou as causas da morte.

Rocher Michell, o realizador do filme Notting Hill, morreu na quarta-feira, aos 65 anos, anunciou esta tarde o seu representante à imprensa.

"É com grande tristeza que a família de Roger Michell, realizador, escritor e pai de Harry, Rosioe, Maggie e Parrow anunciam a sua morte aos 65 anos, no dia 22 de setembro", lê-se num comunicado.

Nascido na África do Sul, filho de um diplomata britânico, Michell passou a infância em Beirute, Damasco e Praga, antes de regressar ao Reino Unido.

Após o êxito com Notting Hill (1999), protagonizado por Julia Roberts e Hugh Grant, Michell realizou, em 2002, o filme de Hollyood Changing Lanes (Manobra Perigosa), com Ben Affleck e Samuel L. Jackson.

Em 2014, afirmou à BBC que tinha tomado a decisão de se focar mais em filmes feitos em Inglaterra e no Reino Unido e realizou filmes como a adaptação de 2004 do livro de Ian McEwan Enduring Love, ou Venus, protagonizado por Peter O'Toole, em 2006.

Michell também foi muito elogiado pelo seu trabalho no teatro, onde começou como diretor atores, sendo creditado em peças como Consent, de Nina Raine, The Homecoming, de Harold Pinter, ou Under Milk Wood, de Dylan Thomas.

No início deste mês surgiu no festival de cinema de Telluride, nos EUA, para promover o filme The Duke, protagonizado por Helen Mirren.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG