Morreu o historiador Joaquim Veríssimo Serrão

É considerado um dos maiores historiadores portugueses do século XX. Tinha 95 anos.

O historiador Joaquim Veríssimo Serrão morreu esta sexta-feira, ao final do dia, em Santarém, aos 95 anos. A notícia da morte chegou através de um pequeno texto publicado na página de Facebook de um dos seus filhos, o historiador de Arte Vítor Serrão.

"Porque não encontro as palavras certas para exprimir o sentimento da perda e a dor da ausência, limito-me a partilhar a notícia da morte de meu pai, Prof. Joaquim Veríssimo Serrão (1925-2020), historiador, ensaísta, académico e homem de cultura, que ocorreu em Santarém no final do dia de hoje, 31 de julho, uma sexta-feira de triste memória", escreveu o filho de Joaquim Veríssimo Serrão, na sua página de Facebook.

É considerado um dos maiores historiadores portugueses do século XX.

Autor da História de Portugal em XVIII volumes, que começou a escrever em 1977, era professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Reitor da Universidade de Lisboa (1973-1974) e foi presidente da Academia Portuguesa da História, entre 1975 e 2006.

Recebeu o Prémio Príncipe das Astúrias de Ciências Sociais, em 1995.

É pai do historiador de Arte Vítor Serrão e da filósofa Adriana Veríssimo Serrão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG