Morreu Paulo Mendes da Rocha, arquiteto do novo Museu dos Coches

O brasileiro morreu em São Paulo, aos 92 anos. É o arquiteto mais premiado de sempre do Brasil.

O arquiteto Paulo Mendes da Rocha, Prémio Pritzker em 2006, morreu este domingo aos 92 anos em São Paulo, onde estava internado, noticiou o jornal brasileiro Folha de São Paulo.

A morte do arquiteto, o mais premiado arquiteto brasileiro de sempre, foi confirmada ao diário brasileiro pelo seu filho, Pedro Mendes da Rocha.

Refira-se que o arquiteto brasileiro foi o responsável pela criação do novo edifício do Museu dos Coches, em Lisboa, inaugurado em 2015. Uma obra em coautoria com o atelier português de Ricardo Bak Gordon.

Prémio Pritzker, em 2006, e Leão de Ouro de carreira na Bienal de Arquitetura de Veneza, em 2016, Paulo Mendes da Rocha nasceu em 1928, em Vitória, no estado brasileiro do Espírito Santo.

Entre as suas mais conhecidas obras estão o Museu Brasileiro de Escultura (1987), o Museu de Arte de Campinas (1989) e o restauro da Estação da Luz, em São Paulo, convertida em Museu da Língua Portuguesa (2006).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG