Morre Terry O'Neill, o fotógrafo das celebridades dos anos 60

Foi um nome importante da cultura de Londres dos anos 1960 ao fotografar celebridades e figuras públicas que definiram a época. Beatles, Rolling Stones, Brigitte Bardot e David Bowie ficaram na sua objetiva. Morreu de cancro. Tinha 81 anos.

Terry O'Neill, o fotógrafo que melhor narrou a cultura de Londres dos anos 1960, os Swinging 60's, ao fazer imagens de celebridades e figuras públicas que definiram a época, morreu aos 81 anos. O'Neill, que recebeu uma Ordem do Império Britânico no mês passado pelos serviços de fotografia e era conhecido pelo seu trabalho com artistas como Frank Sinatra, Elton John, Brigte Bardot, David Bowie e Elizabeth Taylor, entre muitos outros, morreu em casa no sábado à noite após uma longa doença, informou a sua agência. Sofria de cancro da próstata.

"É com o coração pesado que a Iconic Images anuncia a morte de Terence 'Terry' O'Neill", disse uma porta-voz da agência. "Como um dos fotógrafos mais emblemáticos dos últimos 60 anos, as suas imagens lendárias permanecerão para sempre nas nossas memórias, bem como nos nossos corações e mentes."

Uma biografia no site da agência refere que "O'Neill percebeu que a cultura da juventude era notícia de última hora em escala global e começou a descrever os rostos emergentes do cinema, moda, desporto e música que definiam os anos 1960. Em 1965, era requistado pelas maiores revistas e jornais do mundo".

Nas décadas mais recentes. O'Neill fotografou figuras como Amy Winehouse, Nicole Kidman, Nelson Mandela e a Rainha de Inglaterra. Veja a galeria com algumas das suas icónicas fotografias.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG