Morre o escritor e poeta espanhol José Manuel Caballero Bonald

O escritor e poeta espanhol, Prémio Cervantes de 2012, morreu este domingo aos 94 anos

De pais cubanos, o autor nasceu na Andaluzia em 1926, e recebeu em 2012 o Prémio Cervantes - considerado o Nobel da literatura de língua espanhola - pela sua vasta obra marcada pela poesia, mas também por romances e ensaios.

Com uma enorme produção literária, foi autor de obras como 'Las adivinaciones' (1952), 'Manual de infractores' (2005) e 'Entreguerras' (2012), entre muitos títulos.

O chefe do governo espanhol, Pedro Sánchez, elogiou num tweet: "Faleceu José Manuel Caballero Bonald. Uma referência nos últimos tempos da cultura do nosso país, um grande poeta e romancista que pertenceu à geração dos anos 1950. Meus pêsames e carinho para os seus entes queridos".


Quando do anúncio da sua vitória no Prémio Cervantes, o presidente do júri, Darío Villanueva, afirmou: "É uma das figuras mais proeminentes da literatura espanhola, que tem uma marcada projeção ibero-americana".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG