Madonna acusada de usar a sua cara em corpo alheio para promover um álbum

Em 2015, a cantora terá colocado a sua cara numa fotografia de Amelia Goldie, que agora, a denunciou.

Madonna está a ser acusada de colocar a sua cara no corpo de outra pessoa numa fotografia que partilhou no Instagram há seis anos, aquando da edição do álbum Rebel Heart. "Quando a Madonna partilha uma foto sua no Instagram para promover um álbum mas, na verdade, o corpo é teu (não estou a gozar)", escreveu nas redes sociais Amelia Goldie.

A australiana disse, em entrevista ao site BuzzFeed, que inicialmente pensou tratar-se de uma piada: "Tentei entrar em contacto com a equipa dela, duas vezes, mas não obtive resposta. Se conseguisse falar com ela ia rir-me e dizer que me sinto lisonjeada, mas claro que gostaria de ser creditada! Se vais pôr a tua cara no corpo de outra pessoa ao menos essa pessoa merece ser mencionada. Mas não guardo rancor."

Escritora, fotógrafa, profissional de marketing digital e criativa de 28 anos, de Sidney, Austrália, Amelia Goldie já trabalhou para grandes marcas como Yves Saint Laurent, Karl Lagerfeld, Loreal, Dermalogica e The Ordinary.

A imagem continua no mural do Instagram de Madonna e tem mais de 300 mil visualizações. Desde que a influencer revelou a história muitas pessoas foram comentar a publicação de 2015. Muitos dos internautas denunciam agora erros "básicos" de Photoshop, uma vez que dá para ver que "o rosto da artista está claramente desproporcional ao corpo".

Madonna é conhecida como a rainha da pop, alguém que revolucionou o mundo da música e do espetáculo, muito graças à sua originalidade. Uma imagem de marca agora manchada com esta acusação de manipulação.

A cantora ainda não reagiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG