Morreu Ranking Roger, vocalista dos The Beat

Ranking Roger, o cantor britânico, natural de Birmingham que colaborou com nomes como The Clash, The Police, The Specials e Dexys Midnight Runners, teve uma carreira musical que durou quase 40 anos.

Ranking Roger, fundador dos The Beat e um dos principais nomes da música britânica nos anos 80, morreu na passada terça-feira, com 56 anos, depois de quase 40 anos de carreira musical.

Ranking Roger, o nome artístico de Roger Charley, natural de Birmingham, morreu terça-feira, "pacificamente, na sua casa e rodeado pela sua família," pode ler-se num comunicado oficial no website oficial dos The Beat. "Ele lutou e lutou e lutou, Roger era um lutador."

O cantor tinha sofrido um ataque cardíaco no verão passado e tinha sido diagnosticado com dois tumores no cérebro e cancro nos pulmões nos últimos meses.

O músico foi um dos membros fundadores dos The Beat, que acabariam por se tornar uma das bandas britânicas mais famosas do género musical ska - com origem na Jamaica no final da década de 1950, precursor do Reggae - na década de 80, dando início "à segunda onda de domínio britânico na música popular por todo o mundo," segundo o cantor de rock britânico, Sting.

Enquanto vocalista destacou-se pelo seu estilo vocal influenciado pelo rap jamaicano.

Após o fim da banda britânica de ska, em 1983, formou os General Public e ainda lançou três discos. Escreveu o seu nome na história da música por colaborar com nomes como The Clash, The Police, The Specials e Dexys Midnight Runners , durante uma carreira que durou quase 40 anos.

O cantor britânico Sting usou as redes sociais para recordar Ranking Roger. "O meu amigo Roger, membro fundador dos britânicos The Beat estava no centro deste choque explosivo de culturas, unicamente posicionado para documentar a excitação destes tempos. Obrigado Roger. Vamos sentir a tua falta."

Exclusivos