Morreu Philippe Zdar, da dupla Cassius, ao cair de uma varanda em Paris

Em 1996 Philippe Cerboneschi e Hubert Blanc-Francard, conhecido como Boom Bass, criaram a dupla Cassius, que se tornou incontornável no mundo da​​​ música eletrónica francesa. Zdar tinha 52 anos.

Com o seu primeiro álbum lançado em 1999, os Cassius chegaram ao número 7 dos tops britânicos. Com uma música que mistura hip-hop, house e funk, Philippe Cerboneschi, aliás Philippe Zdar, e Hubert Blanc-Francard, aliás Boom Bass, foram os pioneiros do French Touch e ganharam um lugar na música eletrónica francesa.

Aos 52 anos, Philippe Zdar morreu esta quarta-feira à noite em Paris, devido a uma queda de um edifício. "Ele caiu acidentalmente, pela janela de um andar alto de um edifício parisiense", afirmou Sébastien Ferran, o agente da dupla, num comunicado citado pelo Le Monde.

Segundo o testemunho de uma vizinha ouvida pelo mesmo jornal, Zdar estava encostado à varanda, quando esta cedeu. A proteção terá sido encontrada no passeio, junto ao corpo. A polícia ainda não confirmou as causas da morte e está a investigar o ocorrido.

Dreems, o primeiro álbum da banda em três anos, deve ser lançado nesta sexta-feira.

Filho dos donos de um hotel em Aix-les-Bains, Zdar começou na música como cantor numa banda punk e depois como baterista de speed metal.

Terá sido depois de ver que os Eurythmics estavam a gravar em Paris que decidiu deixar o trabalho como empregado de mesa e seguir "a sua magia".

Philippe e Hubert conheceram-se nos anos 80, quando o primeiro trabalhava como engenheiro de som para artistas como Serge Gainsbourg, Etienne Daho ou Vanessa Paradis e criaram os Motorbass - um grupo que contava ainda com Étinenne de Crécy.

Ao longo da sua carreira, Zdar colaborou com artistas como os Bastie Boys, Phoenix, The Rapture, Cat Power, Tiga ou Franz Ferdinand. Em 1991, trabalhou na produção de Bouge de là, de MC Solaar, o pioneiro do hip-hop francês.

Nas redes sociais, foram vários os artistas que reagiram à morte deste "grande nome do French Touch" que em 2010 ganhou um Grammy como misturador e produtor pelos seu trabalho com os Phoenix.

Para o DJ Calvin Harris, estas são "péssimas notícias acerca de Philippe Zdar, um homem amoroso com um legado incrível. Aos 15 anos, fiquei hipnotizado com este álbum".

Também Alex Kapranos, dos Franz Ferdinand, se disse "totalmente devastado com a perda do meu querido amigo Pghilippe Zdar".

Exclusivos