Herman visita a "invejosa" Maria Rueff no hospital e partilha vídeo nas redes sociais

O humorista partilhou no Instagram um vídeo com a atriz, que foi internada na terça-feira após um enfarte de miocárdio e submetida a uma angioplastia coronária.

O humorista Herman José visitou na quarta-feira à noite a amiga e atriz Maria Rueff, que foi internada no hospital de Santa Marta, em Lisboa, por causa de um problema cardíaco, tendo sido submetida a uma angioplastia coronária.

"Estou aqui com a Maria para vos dizer que ela como é uma invejosa e eu há uns anos entupi a coronária esquerda ela quis entupir a direita", diz o humorista num vídeo que publicou no seu Instagram, dizendo que Rueff tem uma vantagem porque "lhe meteram um stent muito mais moderno que o meu".

A atriz confirma que "até na doença" os dois são companheiros e agradece as mensagens que tem recebido, assim como a forma como tem sido tratada no hospital. "Têm sido incansáveis, desde médicos a auxiliares e enfermeiros", explica Rueff.

"Viva o Serviço Nacional de Saúde", afirma Herman José, que diz ainda que na "segunda-feira voltamos ao trabalho e vão ter que levar connosco até 2052".

Nascida, na Beira, em Moçambique, em 1972, Maria Rueff é conhecida sobretudo pela sua colaboração com Herman José. Atualmente, contracena com ele no programa Cá por Casa, da RTP. Entre as suas personagens mais conhecidas estão Idália (da dupla Nelo e Idália) e o Zé Manel Taxista.

A atriz também já voltou às redes sociais, partilhando nas stories do Instagram (mensagens que duram 24 horas) as reações ao vídeo de Herman e o excerto com o agradecimento especial à equipa do hospital de Santa Marta.

Numa nota, o Centro Hospital Universitário de Lisboa Central explicou na quarta-feira que a atriz tinha sido internada na véspera na Unidade de Cuidados Intensivos de Cardiologia do Hospital de Santa Marta por causa de um "enfarte agudo do miocárdio", tendo "sido submetida de imediato a angioplastia coronária com sucesso".

A sua situação é "estável e o prognóstico favorável", algo que o gabinete de comunicação garantiu já esta manhã ao DN não ter mudado. Prevê-se "um curto período de internamento".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG