De Bebiana a Anita. A exposição em honra de Anita Guerreiro

A exposição "De Bebiana a Anita", conta com a demonstração de fotografias itinerantes daquilo que é a vida e obra da atriz e cantora Anita Guerreiro.

"Uma maravilha, uma maravilha e outra maravilha". Foi assim desta forma efusiva que Anita Guerreiro iniciou a inauguração da exposição em sua honra, uma mostra conta a vida e obra da atriz e cantora.

"A exposição "De Bebiana a Anita" vem no seguimento de outras que já fiz. Desde Ruy de Carvalho a Alice Vieira e agora Anita Guerreiro que é símbolo da cultura principalmente da cultura lisboeta", explicou Nelson Mateus, comissário do evento.

A exposição tem o nome "Retratos Contados" e o seu objetivo é usar as fotografias expostas ao longo da galeria para contar uma história, tanto pessoais como profissionais para que os mais velhos consigam acompanhar o percurso da fadista/atriz e os mais novos consigam ver a vida da homenageada por intermédio da visão dos pais e avós.

Nelson Mateus contou que pretende "que a Exposição Retratos Contados de Anita Guerreiro - De Bebiana a Anita, venha a estar inserida em vários locais".

Anita Guerreiro brindou os seus convidados, no final da inauguração com as canções "Cheira bem, cheira a Lisboa" e, ainda "Sou tua". Estiveram também presentes na cerimónia José Raposo e Luís Aleluia a representar a Casa do Artista, onde Anita Guerreiro vive atualmente.

De recordar que Anita participou em cerca de 35 séries, novelas e sitcoms nos três canais generalistas, foi madrinha de diversas Marchas Populares e deu voz a essas mesmas marchas. Durante cerca de 20 anos cantou.

A exposição estará patente ao público desde 23 de junho até 26 de agosto de 2022 na For.Ever Art Gallery.

andreia.lopes@dn.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG