Associação Cultural Arraial Cósmico e Odete vencem a 1ª edição do Antecipar o Futuro

Os vencedores vão receber 7.000 euros cada para utilizar em residências artísticas.

Os projetos Atlântida de Odete, e Cosmic Phase/Stage da Associação Cultural Arraial Cósmico são os vencedores da 1ª edição do programa Antecipar o Futuro, que é uma iniciativa do Teatro Nacional D. Maria II e desenvolvido em conjunto com a NTT DATA e em parceria com O Espaço do Tempo.

"Atlântida (título provisório) é uma investigação que parte da História, tecendo "especulações arqueológicas" (entre outras coisas, sobre a lendária civilização perdida descrita por Platão), com o objetivo de compor possibilidades de futuro. Já Cosmic Phase/Stage, apresenta-se como um projeto que pretende refletir sobre o campo more than humans e sobre as suas geografias/espaços de habitação no contexto da experiência performativa", explica o Teatro Nacional D. Maria II em comunicado.

Antecipar o Futuro é um programa de residências destinado a jovens artistas que pretendem investir na pesquisa e na investigação, e quer suprir uma lacuna no setor artístico que é a carência de apoios para estas áreas.

Os dois projetos vencedores vão receber 7.000 euros cada um, para utilizar em residências artísticas a decorrer n'O Espaço do Tempo, em Montemor-o-Novo, em junho e julho deste ano. Os projetos também vão receber o pagamento de despesas de transporte, alojamento e alimentação para um máximo de cinco participantes por residência.

Estes projetos ainda vão ter a oportunidade de apresentar publicamente as suas pesquisas no D. Maria II em setembro de 2022, no âmbito da mostra Antecipar o Futuro.

A primeira edição desta iniciativa recebeu 43 candidaturas e teve um júri composto por Pedro Penim, Diretor Artístico do Teatro Nacional D. Maria II e Rui Horta, Diretor Artístico d' O Espaço do Tempo. De todas as candidaturas foram escolhidas cinco para entrevistas, a partir dos quais foram selecionados os projetos vencedores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG